Jornal de Davinopolis o Portal de noticias da cidade.

 


Imperatriz e Davinópolis são alvo de ação da PF

Maranhão - As cidades de Imperatriz e Davinópolis foram alvo da Operação Sexta Parcela, realizada ontem pela Polícia Federal (PF), com o objetivo de combater fraudes em benefícios emergenciais disponibilizados pelo Governo Federal durante o período pandêmico da Covid-19. Segundo a polícia, uma quantia de aproximadamente R$ 410 mil já foi bloqueada por determinação do Poder Judiciário.




 NOTA OFICIAL



É com muito pesar que comunicamos o falecimento do Pr Júnior liras. Sabemos que agora ele está alegrando os céus com sua voz e seu forró que conhecemos! Deus nos deu a honra de tê-lo em nossa liderança,sendo um homem de Deus, levando a palavra da salvação através do louvor por onde passava.
Pedimos que orem pela Pastora Cris, sua esposa e por toda sua família.
*SO TEMOS UMA VIDA E ELA LOGO PASSARÁ, SOMENTE OQUE FOI FEITO PARA CRISTO PERMANECERÁ.*
1977- 2021 ⚫️

 

Bolsonaro volta em Maio ao Maranhão, a convite  do senador Roberto Rocha 

Dessa vez o presidente  também vai visitar Açailândia

A informação foi confirmada pelo parlamentar, que na semana passada esteve com o presidente e formulou o convite, já aceito.

Segundo Roberto Rocha 

desta feita Bolsonaro virá ao Maranhão  para inaugurar a Ponte sobre o  Rio Parnaíba, na cidade de Alto Parnaíba, ligando o Maranhão e o Piauí. Na avaliação do parlamentar " uma obra extraordinária e de fundamental importância para o Maranhão e o MATOPIBA"

O senador aproveitou a oportunidade  convidou o Presidente para visitar Açailândia, e ele topou na hora.  A visita presidencial  será agora em maio. 


Pauta em Açailândia

Em Açailândia, o Senador RR quer tratar três questões prioritárias: 

1) Duplicação da BR 010, Açailândia/Imperatriz; 

2) Construção do aeroporto de Açailândia;

3) Controle das erosões na cidade de Açailândia.



 Pesquisa feita pela Associação Brasileira da Piscicultura (PEIXE BR) mostra o Maranhão no 5º lugar no ranking brasileiro de produção de pescado, com 48 mil toneladas. A principal espécie cultivada é o tambaqui, com mais de 90% da produção.

Na região, a piscicultura é uma atividade em expansão. Os principais motivos para este crescimento são a demanda de peixes em cativeiros, o baixo custo de manutenção, a boa remuneração dos produtores, a grande disponibilidade de água e de área para o cultivo. 

O Maranhão figurou como o terceiro produtor brasileiro de peixes nativos no ano de 2020, à frente do Pará e Amazonas, com uma produção estimada de 40.800 toneladas, 5,94% maior que a do ano anterior.



Fonte: Brasil 61
Tecnologia do Blogger.